BlogEscolaCelular em sala de aula: vilão ou aliado?

Celular em sala de aula: vilão ou aliado?

Os celulares mantêm os jovens conectados grande parte do dia e, por muito tempo, foram motivo de desavença entre alunos e professores. Controlar o uso do celular em sala de aula se tornou um desafio para os educadores, já que algumas funções dos smartphones distraem os estudantes do conteúdo ministrado

Por outro lado, a internet permite que o aluno tenha acesso em tempo real a informações mais atualizadas e dinâmicas, fazendo com que o celular possa ser um aliado do professor no que diz respeito a manter os estudantes interessados no que é exposto em sala. O smartphone tornou-se um recurso pedagógico que, quando utilizado com sabedoria, torna as aulas mais dinâmicas e interessantes.

Analisamos o uso dos celulares em sala de aula e preparamos este artigo para auxiliar na aplicação desse recurso como estratégia pedagógica. Confira!

Celular é vilão ou evolução pedagógica?

Os últimos anos têm sido marcados pelos avanços tecnológicos. No contexto educacional, é objetivado a construção do conhecimento pelo próprio aluno, com isso, o uso da tecnologia é imprescindível para que o aprendizado extrapole o ambiente da sala de aula. O celular permite que o aluno tenha acesso à informação que quiser, onde estiver.

Somente material didático e professores não são mais suficientes para que o aluno se mantenha interessado e engajado. Utilizar o celular como uma ferramenta pedagógica pode ser um desafio, pois cabe ao docente orientar e garantir que o aparelho será utilizado apenas para fins acadêmicos. Por isso, é necessário deixar claro qual é a finalidade e quais são os momentos em que a utilização desse aparelho é propícia em ambiente escolar. É necessário que o diálogo em sala — o que inclui imposição de limites — seja eficiente a fim de que o próprio aluno entenda a importância de utilizar o aparelho da maneira adequada, tendo sua autonomia respeitada.

O desafio passa a ser como inserir o uso do aparelho no contexto escolar de maneira eficiente para o melhor desenvolvimento dos estudantes O que antes era relacionado com a falta de atenção e engajamento dos alunos, se tornou uma excelente e eficaz ferramenta pedagógica, respaldada pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que prevê o uso de tecnologias em sala de aula.

O uso do celular em sala de aula como ferramenta pedagógica

Aplicativos e funcionalidades podem ser inseridos no meio escolar de forma eficiente. O uso das tecnologias em sala torna as aulas mais prazerosas e auxiliam o professor a explorar recursos que somente o material didático não seria capaz de oferecer.

Incentivar os alunos a produzir conteúdo online é uma prática que tem sido muito eficaz quando implementada da maneira correta. Propor atividades que explorem o uso de ferramentas como câmeras, aplicativos e gravadores de voz — e outros diversos recursos que existem em um smartphone — possibilitam que o educador inove em suas propostas como a criação de telejornais, podcasts ou curta metragens que, além de incentivar os alunos a pesquisarem sobre os temas propostos, faz com que eles desenvolvam habilidades fora do âmbito acadêmico.

Estar conectado em sala de aula não significa, necessariamente, distração e perda de foco, já que, quando bem orientados, os alunos podem se tornar protagonistas do próprio aprendizado. Até as redes sociais podem ser utilizadas em sala de aula, criando grupos de discussão e fóruns sobre determinados assuntos. É uma excelente estratégia para utilizar os recursos tão comumente usados pelos alunos para entretenimento. Além de atrair a atenção dos estudantes, esses recursos permitem que participem das atividades extraclasse. Somado a isso, ferramentas de busca ajudam com que os discentes embasem seus argumentos e opiniões durante debates e discussões, por exemplo.

Conclusão

Planejamento na hora de implementar qualquer mudança em sala é imprescindível, principalmente quando o assunto é implementação de novas tecnologias, como o uso de celular em sala de aula. Para que as novas práticas tragam benefícios é necessário que todos os envolvidos estejam alinhados e que alunos e professores estabeleçam um diálogo em sala para a utilização dos aparelhos não traga malefícios e o desempenho de ambos se aprimore.

Muito mudou em relação à aplicação da tecnologia nas escolas nos últimos anos, como o uso do celular como prática pedagógica. Quer saber mais sobre isso? Baixe o infográfico gratuito!

celular-em-sala-de-aula-vilao-ou-aliado-cta

Como é a relação da sua escola com o celular em sala de aula? Comente!